quinta-feira, 28 de novembro de 2013

ÚLTIMOS ACONTECIMENTOS

Assista ao vídeo de vários outros assuntos que englobam os últimos acontecimentos no planeta no final desta postagem

    Foi anunciado finalmente um acordo entre as 6 principais potências nucleares e o Irã, sobre o programa nuclear iraniano. Esse feito está sendo celebrado como "histórico" pelas principais nações, a ponto do presidente dos EEUU, Barack Obama, afirmar que "o acordo nuclear com o Irã torna o mundo mais seguro"

POTÊNCIAS MUNDIAIS CHEGAM A ACORDO COM O IRÃ
O acordo prevê que as principais potências reconhecem o direito do Irã de ter e produzir energia nuclear para fins pacíficos em troca do Irã conter seu programa durante 6 meses e submeter o programa nuclear iraniano a constantes fiscalizações da OIEA. Também, haverá alívio das sanções financeiras impostas ao país iraniano.
Imediatamente, o governo israelense se pronunciou, considerando tal acordo um "erro histórico". O primeiro-ministro israelense, Binyamin Netanyahu, afirmou que Israel não está preso a esse acordo. De acordo com ele "o regime iraniano está comprometido com a destruição de Israel, e Israel tem o direito e a
obrigação de se defender". Na prática, esse acordo representa um isolamento de Israel com relação a sua posição diante do programa nuclear persa. As principais potências reconheceram o direito nuclear do Irã.
Tudo isso nos remete ao um cenário já previamente profetizado. Um cenário que prevê uma invasão de países ao Oriente Médio, incluindo a Pérsia (Ezequiel 38 e 39), um acordo com Israel (Daniel 9:27), um grande feito em Jerusalém, denominado de "abominação desoladora" (Mateus 24:15), uma perseguição que o anticristo desencadeará a partir desse feito (Mateus 24:16-22) e muitos outros acontecimentos.
O atual momento, no qual as principais autoridades falam de um mundo mais seguro, nos faz lembrar o que foi revelado por Paulo aos tessalonicenses:

"Pois que, quando disserem: Há paz e segurança, então lhes sobrevirá repentina destruição, como as dores de parto àquela que está grávida, e de modo nenhum escaparão" [I Tessalonicenses 5:3].

O princípio das dores, período no qual estamos, dará lugar às dores de parto. Não sabemos quando virão essas dores, mas virá de forma repentina... Que estejamos atentos.

Em Cristo,


PROJETO ÔMEGA


Sem comentários:

Enviar um comentário